Recentes

Desktop Analisa: "O Fogo Nunca Dorme" de Alessandro Vilas Boas


Na análise de hoje, iremos falar sobre uma das revelações gospel no ano de 2017. Alessandro Vilas Boas é líder fundador da banda ONE Ministry, criada em setembro de 2012 em um culto no campus universitário. Ficou conhecido por fazer parcerias com grandes nomes da música gospel como Bruno Morada – vocalista da banda Morada -, Priscilla Alcantara e André Aquino. Suas canções são conhecidas em diversas denominações, principalmente em denominações presbiterianas e batistas. Uma das músicas que mais fez sucesso, antes mesmo de lançar seu primeiro disco solo, foi “Quero Conhecer Jesus”, gravada pelo Cia. SALT. Além de diversos covers, a música foi ministrada também pela cantora Laura Souguellis, Isadora Pompeu e o cantor Gabriel Guedes.

O EP “O Fogo Nunca Dorme” tem um conceito pessoal. Lançado de forma independente, todas as faixas foram gravadas por instrumentos simples: violão, guitarra, bateria e piano, porém sua sonoridade é tão complexa que pouco se percebe o uso de poucos instrumentos. O disco, lançado em 25 de setembro, tem 5 faixas autorais.

A primeira faixa é “Ser Mudado”. É iniciada com Vilas Boas cantando junto ao violão de forma suave. Após alguns segundos, as batidas da bateria entram e dá vida a canção. Sua letra fala sobre ser mudado pela graça e glória de Cristo e seu refrão retrata: “eu não trouxe nada pra mesa, apenas uma fome e uma sede” – fome e sede de Cristo; desejo de querer mais da sua presença.

“O Fogo Nunca Dorme”, título do CD, tem como metáfora Deus como fogo. A canção diz sobre sua soberania e dá atributos a Deus – “Deus nunca dorme, Deus nunca é vencido”. O violão se destaca em todo o decorrer da faixa além da interpretação de Alessandro junto com a segunda voz durante o refrão.

“Quero Conhecer Jesus” é carro-chefe e canção que trouxe popularidade ao cantor e compositor. É a faixa mais linda do disco, tanto em musicalidade quanto em letra, na qual retrata Cantares de Salomão 5 e 6 – a presença do amado no jardim e o versículo 10 do capítulo 5: “entre dez mil homens, o meu amado é o mais bonito e o mais forte”. Um refrão chiclete, fácil de ser decorado, acompanhado de uma voz feminina. Em sua ponte, a guitarra se destaca junto com a palavra “Yeshua” entoada por Vilas Boas. Logo após a ponte, o refrão chega crescendo e nos faz ter vontade de levantar as mãos ao dizer: “meu Amado é o mais belo entre milhares e milhares”.


A penúltima faixa se inicia com piano e violão. “Fogo em Meus Ossos” diz sobre as palavras de Jesus em nossas vidas; fala sobre estar ao lado Dele em todo tempo. Uma canção tranqüila e simples.

Para fechar o CD, temos a faixa “Me Faz te Amar Mais”. Alessandro começa ministrando uma oração e prossegue com apenas o violão tocando. A canção tem cerca de 9 minutos e fala sobre querer mais de Deus e menos de nós. Sua sonoridade é inferior as demais, o que nos faz desejar pular a faixa e ouvir o álbum do começo.


Alessandro nos transmite a mensagem cristocêntrica através de todas as faixas do CD. Cada uma traz um belo e profundo atributo a Deus e nos leva a render adoração ao nosso Amado. Destaque as canções “Quero Conhecer Jesus” e “O Fogo Nunca Dorme”.

Que possamos sempre estar dispostos a sermos mudados a ponto de conhecer a Cristo em sua totalidade. Deus sempre está conosco, pois, como fogo, ele vive aceso em nossos corações e jamais dorme, falha ou nos deixa, e isto nos faz amá-lo cada vez mais e mais.
Até a próxima análise!

Matheus Seixas | DESKTOP GOSPEL

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.