Recentes

DESKTOP ANALISA: "Cura na Alma" de Leonardo Nascimento

Hoje trazemos para vocês mais uma analise, e desta vez iremos comentar as canções do recente EP do cantor e compositor Leonardo Nascimento. O projeto conta com 5 canções e foi produzido pelo maestro Eduardo Gomes. 


Lembrando que se trata opiniões individuais deste de vos escreve e que pode ou não refletir sobre o que é pensado por um grupo maior. Disto isto, vamos aos trabalhos (hahahah). 

A primeira canção é anunciada com uma especie de sino e logo em seguida o backing vocal entra entoando junto ao cantor o clássico "A Mensagem da Cruz" que introduz a belíssima "Passaporte". Ao som de violão o cantor inicia de fato a música. Alguns loops são inseridos e aparecem junto a eles, bateria, guitarra e teclado. O backing aparece em pontos estratégicos e de forma afinada é introduzidos. Aparecem violinos no refrão e a canção ganha força, juntamente com instrumentos de sopro e arranjos sincronizados. A canção versa sobre a fidelidade do cristão e adoração até a morte, fazendo alusão a Estevão que viu ao Senhor. Na segunda parte o backing ganha mais força e alguns chocalhos podem ser ouvidos. A interpretação de Leonardo é muito boa. Para encerrar, outro clássico da harpa cristã é cantando, e ao som de "Mais perto quero estar" podemos apertar o replay para novamente ouvir a canção (rsrsrsr). Quem assina é Joel Silva e Allefe Pires. 

Seguindo com o EP temos a canção "A Fase". Quem assina esta é Leonardo Nascimento de Jonatas Borelli. Introduzida com bateria e guitarra que abrem caminho para o violão e teclado, a canção aparece inicialmente de forma suave e reflexiva. Em primeira pessoa, Leonardo Nascimento conta um pouco de seu testemunho e processo de cura na alma. A letra fala de alguém que se distanciou do Senhor e foi acusado pelos pecados. Violão e teclado podem ser ouvidos por toda extensão da música. Instrumentos de sopro são presentes e alinham-se ao teclado e batidas firmes da bateria. O refrão é forte e possui um andamento de arranjos de ótimo gosto. Em determinada parte da canção o cantor inicia versos em segunda pessoa e uma ponte que inicia calma e ganha força, esse é um prato cheio para os pentecostais. A canção é uma de minhas preferidas do EP. O replay é bem vindo. 

A terceira faixa nos parece ser um ao vivo, com sons de vozes que são captadas em shows, mas trata-se do contexto da mensagem que ela carrega. "Em Deus você pode" foi lançada como single em forma de vídeo clipe que narra a história de vida do cantor. As batidas são firmes e alguns loops podem ser ouvidos. Novamente o violão chama atenção e passeia por toda a canção. A guitarra é bem audível e o junto ao backing fazem desta, a detentora dos melhores arranjos dos disco, com uma dosagem certa de ousadia e pentecostal raiz. A canção versa sobre a vida de alguém que passou por humilhações, provações e mesmo assim continuou tendo fé e esperança em Deus, contando seus segredos e sonhos para o senhor. Em alguns pontos da faixa o contra baixo aparece de forma discreta.  Uma ponte discreta é inserida, com batidas firmes e arranjos com base em violão. O replay é bem vindo, e vamos declarar que em Deus nos podemos. Quem assina é Jonatas Borelli. 


Ao som de loops e teclado, chega "Cura na Alma". Violão novamente é o instrumento chave. Teclado e loops continuam enquanto o cantor canta a parte introdutória da canção. Essa canção parece mais uma oração em forma de terceira pessoa. O refrão forte e firme, os arranjos são bons e a letra fala sobre como o crente passa por provas e como ele pode vencer. Um solo de guitarra aparece no intervalo e backing volta junto com o cantor de forma singular. Uma pausa na força é inserida, e a canção ganha uma suavidade.  A canção é encerrada com o clássico "Alma Abatida". Quem assina é Leonardo Nascimento. 

Para encerrar o EP temos a canção "Homem Diferente". Logo de inicio já podemos perceber a mensagem da canção, visto que, vozes de pessoas são inseridas fazendo alusão a história bíblica da mulher que foi levada a Jesus sendo acusada de adultério. Um declamação é inserida e em seguida Leonardo Nascimento começa a canção e de fato a canção traz para os dias de hoje a mensagem da mulher que deveria ser apedrejada. Os arranjos são fortes e a canção tem uma melodia e andamento agradáveis aos ouvidos. O contra baixo novamente aparece bem audível em alguns pontos da canção e isso é muito bom. A guitarra misturada ao teclado e bateria foi o auge desta faixa, encerrando com chave de ouro o EP. Que fique em nossa mente que Jesus é o Homem diferente. Quem assina é Leonardo Nascimento

Por se tratar de um EP, a sensação que temos ao encerrar o projeto é a de "quero mais". Quando você começa a se empolgar, acabam-se as músicas, e aquele desejo de ouvir mais canções tão boas quanto as que já foram ouvidas, fica em sua mente. Talvez esse seja o ponto franco ou, o forte dos EPs (rsrsr). Não é qualquer um que consegue nos deixar na vontade de ouvir mais. 


Leonardo Nascimento conseguiu dar continuidade ao que já vinha fazendo. Apresentando mais uma vez um pentecostal bom e gostoso de ouvir. O cantor é baixo bom de ouvir, afinado e controlado. No geral o EP tem bons arranjos, sem muitos arranjos misturados e eloquentes. Talvez mais instrumentos devessem ter sido inseridos e sentimos falta do famoso violino. A sonoridade parece um pouco pesada e isso pode ter sido acarretado pela mixagem. 

O repertório segue a proposta do disco e traz ao seu final a mensagem de que podemos ser perdoados, curados e restaurados pelos poder do sangue de Jesus. 

Alisson Lima | DESKTOP GOSPEL

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.