Recentes

Israel Costa se prepara para lançar seu primeiro CD


Natural de Herculandia-SP e membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém, Israel Costa canta desde os 13 anos quando fazia dupla com sua irmã, Queli. Aos 19 anos decidiu seguir carreira solo e este ano está preparando seu primeiro CD. 

Com um nome conhecido no segmento gospel e cumprindo modestamente sua agenda, o cantor já conta com apoio de uma gravadora, Matriz Music, conhecida por gravar sucessos como: Gerson Ruffino, As Andorinhas, Zé Marcos e Adriano, Edmar Santana, dentre outros. A produção musical fica a cargo Luciano Albuquerque, já na produção executiva, o compositor e produtor Everaldo Gretter é quem está à frente.

Com processo de gravação a todo vapor, nas próximas semanas Israel se prepara para entrar em estúdio. Animado e com boas expectativas, o cantor revelou ao nosso portal que se atentou para uma temática bíblica em cada composição selecionada para o repertório: "Tive o cuidado de recrutar músicas inéditas, procurei ao máximo fazer isso e consegui, um ponto importante a ressaltar é que as canções são bíblia pura, 90% é bíblia.".


Ainda falando do repertório, Israel acrescenta: "O repertório é a grande aposta desse trabalho, investimos o máximo em composições que trazem uma temática pentecostal, num tom profético, apelidei o repertório de 'gerador de vidas' porém a igreja será o centro desse trabalho, as letras vem carregadas de muita personalidade, é uma pena não poder contar mais, personalidade essas que são características de cada compositor...".

No time de compositores, temos nomes reconhecidos como Denner de Souza, Everaldo Gretter, Elias e Rosmery e Rick e Renan, além do proprio cantor, que assina canções no álbum. "Vocês também terão a oportunidade de conhecer composições de autoria própria, essa é um das expectativas que esta se criando em volto desse disco, componho desde muito cedo, porem mantive minhas letras guardadas pra esse propósito, eu queria ser o primeiro a gravar minhas inspirações, posteriormente vou liberar canções que não estarão nesse repertório." contou.

Em todo tempo que conversou com nossa equipe, o cantor se mostrou ansioso por esse projeto, mas sempre pontuando o desejo de trazer para nosso tempo canções de raízes pentecostais: "A minha expectativa, da equipe que trabalha comigo e dos intercessores que me acompanham é que esse disco venha estabelecer um retorno de letras que já não são cantadas com frequência em nosso tempo, canções que remetem a nossas raízes pentecostais." finaliza.

Desktop Gospel | Com informações da Assessoria Israel Costa  

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.