Recentes

Os melhores CDs pentecostais do primeiro semestre de 2015

Se você é daqueles que gosta de estar atualizado e ouvir sempre o que é bom dentro do segmento gospel pentecostal, a lista que apresentaremos irá lhe ajudar a ouvir o que tem de melhor já lançado neste primeiro semestre de 2015. 

Nossa listagem trás os melhores CDs lançados até o momento no ano corrente. 

Samuel Mariano vem ganhando destaque por suas composições fortes e carregadas de conteúdo bíblico, mas como cantor ele também é um dos melhores para se ouvir. Seu mais recente trabalho, “Depois do Culto”, traz arranjos modernos e segue a sua especificidade, as canções começam em uma levada calma e vão ganhando peso da metade ao final. 

O cantor trouxe uma excelente regravação da canção “Marcas da Dor”, originalmente gravada por Shirley Carvalhaes há alguns anos, a versão está muito moderna e com arranjos bem colocados. Destacamos o momento em que os instrumentos param totalmente e o cantor em sussurros canta “tudo em silêncio, nem as aves cantavam...”. O CD inteiro é destaque. 


Eliã Oliveira não perdeu tempo e nos presenteou com “Em Nome do Senhor”. Em seu estilo, a cantora chega mostrando ao que veio. O CD tem letras características dela, que é numa das grandes representantes do gênero. 

Bem como Samuel, Eliã traz uma carga bíblica misturada a declamações de tirar o folego. Em meios a instrumentos de sopros, os violinos ganham vida na canção “Em Nome do Senhor” que sem dúvidas é o carro chefe do disco. O Back vocal é digno de aplausos. Destacamos as canções “Reconstrução”, “Jefté”, “É preciso Acordar”, além da faixa titulo. 

Sandra Pires - guarde esse nome - nos apresentou “Poderosamente Vivo”, que é carregado de arranjos e a bateria aqui é destaque. Com um timbre rouco a cantora se garante, sua interpretação é digna de aplausos e as canções se encaixaram perfeitamente a sua forma de cantar. Encontramos um grande número de regravações no álbum, mas não se engane ou tire conclusões precipitadas. Ao regravar espera-se algo de qualidade superior ou na medida da versão anterior, e o que vemos aqui são regravações em um nível elevado a todas às originais, sem exceções. Se procura ouvir algo conhecido com conteúdo melhor e ímpar, ouça o trabalho de Sandra. 

Fabiana Anastácio nos trouxe o “Adorador 2 - Além da Canção”, que de forma discreta conquista seu espaço no cenário pentecostal. A interpretação da cantora é destaque desde suas aparições interpretando as canções de Bruna Karla. Com uma voz afinada, a cantora sempre mostra uma grande concentração e domínio em suas interpretações. Destaque para “Aula de Adoração”, “Adorarei”, “Lugar de Intimidade” e “Jesus Chegou”. 

Podemos dizer de forma ousada que “Sinais” é até o momento o melhor já lançado, Adriana Aguiar evoluiu muito desde o “Comemore”. Adilson K. Rodrigues se superou e nos trouxe uma qualidade musical em arranjos pouco vistas, em cada melodia percebe-se um cuidado na colocação dos instrumentos, sendo que os de sopro misturados aos violinos estão se destacando ultimamente, dando uma combinação perfeita. Adriana também apresenta, neste CD, canções recheadas de conteúdo bíblico, e se você gostou dela cantando “Paulo e Silas”, certamente gostará de “Ele veio” - que narra à história de Sadraque, Mesaque e Abednego - também em primeira pessoa. O disco inteiro é merece elogios. 

“Deus Surpreende” é o primeiro trabalho de Andrea Fontes pela Som Livre, embora recebendo algumas criticas, o projeto é um dos melhores lançados até o momento. Sendo um projeto ao vivo, Andrea não deixou a desejar no quesito interpretação, as canções são inspiradas e a produção mediana. Destaque paras as canções “Confiar e esperar não pros Fracos”, “Restaurador de Sonhos” e “Deus Surpreende”. 

Para finalizar não poderíamos deixar de falar de “Janelas da Alma”, não sendo um projeto puramente pentecostal, mas merece seu respeito. Tuca Nascimento preferiu aqui, não trazer tanto peso como trouxe no “O Sonho não acabou”, mas Gisele Nascimento compensou isso com sua interpretação - e que interpretação! - A cantora evoluiu muito, percebemos isso em sua participação no DVD de Anderson Freire, mas aqui vemos que em cada palavra interpretada um cuidado, uma unção e maestria digna do sobrenome que carrega. Gisele simplesmente se entregou e deixou ser usada. Os falsetes arrancam suspiros e as composições de Anderson Freire caíram como uma luva para a cantora. 

Existem outros álbuns, lançados nos últimos meses de 2014, que merecem destaque como “No Olho do Furacão” de Lauriete; “Na Tua Vontade” de Vanilda Bordieri; “Heróis da Fé” de Rozeane Ribeiro; e “Imutável” de Rayanne Vanessa. Não deixe de ouvi-los.

Por Alisson Lima | DESKTOP GOSPEL 

2 comentários:

  1. Olha é gosto, mas pra mim o CD da Andrea Fontes esta perfeito em tudo, desde interpretação, músicas e arranjos... Melk mais uma vez arrasou, mesmo o cd sendo gravado ao vivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anotado... Também apreciamos a obra de estreia da cantora na Som Livre.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.