Recentes

Travesti faz declarações polêmicas e defende família tradicional

Um fato incomum chamou a atenção na rede social Facebook.

Na tarde desta quarta-feira(08), um dos usuários da rede social compartilhou um vídeo onde um travestir faz declarações polêmicas sobre o movimento LGBT e, sem se identificar pelo nome, se posiciona em favor da família tradicional.

"Na Constituição Brasileira, no artigo 5°, diz que todos nós somos iguais, sem distinção de raça, cor, credo, ou tudo aquilo. É só a lei e as autoridades fazer funcionar o artigo cinco da Constituição, e outra, vocês não tem que dizer quem eu devo ou que não devo apoiar não" disse, fazendo relação com suas opiniões políticas nas eleições do último domingo(05).

"Dentro do meio LGBT, a marginalidade é muito grande, vocês são pior do que os heterossexuais." comentou, mostrando ainda uma cicatriz de onde havia sido esfaqueada, para provar que no meio onde convive também existe violência, "Não foi heterossexual não. não foi homofóbico não. Essas coisas vocês não colocam na mídia né?" completou.

Para o homossexual, a violência está em todas as classes sociais e se deve buscar segurança para todos: "Vamos se juntar a maioria e buscar educação, saúde e segurança pra todo mundo(...) Tá morrendo hétero, criança, gay, mulher, lésbica...".

"Quem não gostar da minha posição, querida, eu só lamento pra vocês. Eu não vou mudar e vou ser sim à favor da família, sabe porquê? Eu nasci de uma. Eu não nasci de dois homens não." ressaltou, antes de defender Levy Fidelix, que foi bombardeado nas redes sociais pelo ativismo gay.

No vídeo, que soma mais de 5 mil compartilhamento em menos de 10 horas na rede social, o travestir finaliza: "Salve a família. Por que sem família, o mundo não tem continuidade.".

O pastor Marco Feliciano também compartilhou o vídeo em sua fan page oficial. Em menos de 8 horas, a postagem foi compartilhada mais de 65 mil vezes.

Assista o vídeo na íntegra clicando AQUI!
Tecnologia do Blogger.