Recentes

Aécio Neves lidera entre evangélicos, diz Datafolha

A pesquisa divulgada pelo Datafolha nesta quinta-feira(09) reflete as manifestações nas redes sociais, onde varias personalidades evangélicas, que no primeiro turno apoiaram Marina ou Pastor Everaldo, declararam apoio ao candidato Aécio (PSDB), no segundo turno. 

Para efeito de conhecimento, pastor Silas Malafaia, Marco Feliciano e Magno Malta, que são influentes no cenário evangélico, são alguns dos nomes que se posicionaram contra Dilma Rousseff, do PT, no segundo turno das eleições.

O Datafolha dividiu por renda, escolaridade, idade, região, religião e porte do município, as intenções de votos dos brasileiros no segundo turno. Observando o resultado da pesquisa, que foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo", há um empate técnico na margem de erro entre Aécio Neves, com 46% das intenções de voto, e Dilma Rousseff, com 44%.

A categoria Religião foi subdividida entre católicos, pentecostais, não-pentecostais, espíritas e sem religião. O resultado total aponta Aécio com 2 pontos a mais que Dilma Rousseff, 46% a 44%.

Já individualmente, o candidato tucano é o preferido no segmento pentecostal (44%), não pentecostal (60%) e os espíritas (61%), contra 43%, 30% e 28% da petista, respectivamente.

Dilma Rousseff  tem vantagem sobre Aécio entre os católicos e os sem religião. Porcentagem, porém, não chega ser tão expressiva, uma vez que entre os católicos, a atual Presidente está com 47% e o ex-governador de Minas Gerais, 46%. Entre os que não tem religião, 46% estão com Dilma e apenas 36% com Aécio.

O Datafolha ouviu 2.879 eleitores nos dias 8 e 9 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01068/2014.

Com informações do G1 | DESKTOP GOSPEL
Tecnologia do Blogger.