Recentes

Vanilda Bordieri sobre Templo de Salomão da IURD: "apenas objetos de admiração"

Comentário da cantora, como sempre, dividiu opiniões nas redes sociais
No último dia 31, quinta-feira, a Igreja Universal inaugurou uma das obras mais ousadas dos últimos tempos, o Templo de Salomão, que é atualmente o maior espaço religioso do Brasil.

Na noite da inauguração estiveram presentes muitas autoridades, entre elas a presidente Dilma Rousseff, que sentou-se ao lado do bispo Edir Macedo, líder e fundador da Universal. O vice-presidente, Michel Temer, também acompanhou a cerimônia.

A obra é uma réplica do primeiro Templo de Salomão citado na Bíblia Sagrada, este que foi construído e destruído duas vezes em Jerusalém, Israel, há mais de 2 mil anos.

Localizado no Brás, em São Paulo, a nova sede da Igreja Universal do Reino de Deus, que custou R$ 680 milhões, tem 100 mil metros quadrados e capacidade para 10 mil pessoas. Uma obra grandiosa de fato!

Contudo, para a maioria dos evangélicos, a sinuosa obra deixa a desejar com o que deveria ser seu propósito, a Glória de Deus.

A cantora Vanilda Bordieri, por exemplo, em sua página no Facebook, fez um paralelo entre a construção da Universal e o Templo citado na Bíblia: "A única diferença do templo de Salomão, e a réplica do Bispo Edi Macedo, é que no de Salomão os sacerdotes não conseguiram ficar em pé com a presença da Gloria de Deus." escreveu.

Não demorou muito para que a citação da cantora, que tem fama de polêmica entre os internautas, se espalhasse nas redes sociais. No Facebook, mais de 700 usuários compartilharam o status de Vanilda Bordieri, já os comentários foram quase unânimes em concordância, exceto por alguns que certamente sentiram algo diferente ao entrar no local.

Independente do que pensam seu seguidores, Vanilda Bordieri completa: "Sem a presença da Gloria de Deus, são apenas objetos de admiração, a criação do homem.".
Tecnologia do Blogger.