Recentes

Demitido, Leão Lobo declara guerra aos evangélicos: "Eles estão fechando o cerco"

IURD comprou 22h na emissora onde o profissional trabalhava
O apresentador Leão Lobo, que acaba de ser demitido da CNT, onde trabalhou por 5 anos, está indignado com os evangélicos, e tem dito: "Estou sinceramente pensando em unir meus amigos apresentadores, radialistas e funcionários de TV e rádio e fazer um movimento contra essa bancada evangélica, que é imensa e dominante no governo.".

Às declarações do profissional ao Jornal "O Dia", é pelo fato da Igreja Universal do Reino de Deus ter adquirido 22 horas da programação da CNT, levando o mesmo a entrar no time dos demitidos da emissora.

"Com o fim da CNT, fiquei desempregado. Estava lá há cinco anos, super tranquilo. Essa foi a terceira vez que os evangélicos cruzaram o meu caminho e acabam com o meu trabalho. A primeira foi na Rede Mulher, que eles chegaram, compraram e foram demitindo todos. Depois fui para a Rádio Record, que era deles, e um belo dia disseram que meu programa estava acabado. Eles estão fechando o cerco, estão em todos os lugares, só restam o SBT e a Globo. A comunicação e o pensamento estão correndo um sério risco com eles", disse.


O jornalista chegou, inclusive, a culpar as leis do Brasil por seu infortúnio: "Não acho que seja culpa da igreja, porque neste caso, essa igreja é um comércio. O problema é nossa lei, que diz que as emissoras só precisam ter duas horas de programação própria. É um absurdo isso." disparou.

Um comentário:

  1. Sinceramente, achei uma coisa absurda essa atitude de comprar 22 horas numa emissora de TV!
    Cara,eles vão usar todas essas horas transmitindo o quê? Os "milagres" Universal?
    Incluive "os irmãos em Cristo" tiraram até o próprio Silas Malafaia do ar com essa compra!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.