Recentes

Samuel Ribeiro fala com exclusividade ao Desktop Gospel. Confira!

Em mais de 25 anos de produção musical o maestro Samuel Ribeiro trás em seu histórico profissional uma infinidade de trabalhos, onde a maioria deles vem do segmento independente como ele mesmo destaca. Nada vaidoso, e não visando os holofotes da mídia, o tímido produtor fala ao Desktop Gospel um pouco de sua carreira.

Quando perguntado sobre o inicio de sua carreira e quais os nomes o lançaram como produtor, Samuel Ribeiro ressalta: "Embora esteja no mercado de produção musical há 26 anos, por várias razoes me enveredei pelo segmento independente que é vastíssimo. São centenas de cantores anônimos que tem suas agendas e são fidelíssimos. Quase todo ano lançam algo novo. Isso movimenta o mercado. Minha primeira produção foi Martim Lutero em 87. Fiz quase tudo dele. Logo depois conheci Magno Malta e produzi a maioria dos seus álbuns também. Fui produtor do Naum pela MK e Line records. Sempre toquei e produzi a banda Sinal de Alerta, que foi o que me lançou no mercado. Apesar de não ter muitos astros em meu currículo, não tenho do que me queixar".

Um segmento que tem movimentado muito a musica gospel é o pentecostal, um dos últimos trabalho produzido por Samuel Ribeiro é um nome de peso do gênero, a cantora Lauriete. Mas a artista não foi a única pentecostal a ter seus trabalhos sob produção do profissional. 

"Eu fiz outras cantoras pentecostais, mas na verdade não tinham a mesma projeção de Lauriete. O fato de eu ser pouco conhecido pelas cantoras de ponta, foi em razão do meu jeito caboclo de ser. Sempre em casa e no estúdio. Por duas vezes tive convite pra trabalhar com Shirley Carvalhaes em 1987 e 2012, mas na hora agá, acabou não acontecendo. Entretanto, com toda essa timidez, fiz centenas de CDs e dentre eles, muitos pentecostais" destaca.

Faltando pouco pra completar três décadas de trabalho na área da musica, o produtor conta como ganhou uma maior proporção no meio e frisa o que ele considera ser um divisor de águas nesse tempo: "Fiz muita coisa pelas quais me orgulho no campo da música. Quando lançamos o Sinal de Alerta em 1985, tivemos uma resposta meteórica pra época. Meu nome ficou em evidencia pelo solo de guitarra de 'creio', coisa que o mercado gospel ainda não tinha. E o fato de sermos a segunda banda com maior projeção naquele ano, pois o Rebanhão era disparado a banda de maior prestígio, fez com que minha vida desse uma guinada. Foi de fato um marco e deixamos um legado. Recebo toda semana um recado de alguém de todo canto do país dizendo que toca, porque o Sinal foi inspiração. Isso pra mim foi um divisor de águas."


"Tive outras alegrias e agora, fazer esses trabalhos com Lauriete, tem sido um novo tempo pra mim. Por ela ser uma diva como cantora e pessoa, tem sido indubitavelmente uma outra era em minha carreira." acrescenta Samuel Ribeiro.

Satisfeito com as informação e pela conversa descontraída com Samuel Ribeiro, pedimos a ele pra deixar seus contatos de trabalho e as informações que desejar acrescentar.

"Sou do Rio, carioca da gema e sempre morei aqui. Sou formado em harmonia e arranjo e trabalho em meu singelo estúdio em Jacarepaguá. Sou um sujeito que tem um pouco de dificuldade em lidar com as contingencias do mundo moderno. Não sei fazer propaganda do meu trabalho e por isso, deixo que meus clientes me divulguem. Isso na verdade não é saudável para os negócios 'rs', mas quem sabe um dia eu consiga superar essa deficiência! Meus tels para contato são 21 77295438 e 24642334. Meu site está quase pronto e logo todos poderão visitar minha pagina e saber mais sobre meu trabalho." finaliza.

8 comentários:

  1. DIVA:
    "Sinônimo de deusa ou divindade feminina"

    Acho isso tão GOSPEL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Retirar de um grande texto uma única palavra que é vista com maus olhos..."

      Acho isso tão DO ACUSADOR

      Excluir
  2. Esse termo diva se usa não com essa conotação de deusa, mas para enfatizar a qualidade de que interpreta com excelencia. Não sejamos tão caxias e levar tudo ao pé da letra, Felipe !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samuel, estou a muito tempo tentando encontrar um site seu ou do seu studio, como faço? Vc não pode sumir assim meu irmão? Rs Graça e paz.
      Fábio Luiz
      fal_10@hotmail.com

      Excluir
  3. Caramba Samuel, que privilégio de quem te entrevistou.

    Acho a banda Sinal de Alerta uma das melhores bandas que a música evangélica brasileira já conheceu e, sinceramente, acho muito difícil hoje em dia alguém fazer o que vocês fizeram, até porque, ao lado do Rebanhão, Complexo J entre outros, vocês desbravaram e consolidaram um terreno que era praticamente inexplorado pelos evangélicos, pra não dizer demonizado. Pela vontade de Deus, nasci em 85 e não curti esse tempo na sua plenitude, mas desde que me entendo por gente, me amarro no som do Sinal, sendo a música "Sinal de Alerta" uma das minhas preferidas de todos os tempos.

    Como evangélico jovem e consciente, sei que todos nós que desejamos levar a mensagem do evangelho de forma contextualizada com nosso tempo e suas necessidades, podemos olhar o seu legado e dos demais irmãos e nos inspirarmos.

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  4. Samuel, suas guitarras no Sinal até hoje nos encanta,vivi com prazer aquele momento de 1985...

    ResponderExcluir
  5. Suas guitarras me influenciaram muito, parabéns Samuel...

    ResponderExcluir
  6. Samuel que Deus te abençoe grandemente eu era menino e meu irmão mais velho tinha um LP de creio cara eu amava, fico feliz hj quando toco esta musica pois me trás muitas lembranças boas.
    sandro luiz

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.