Recentes

Marco Esch, o novo nome da MPB Cristã

Após os cinqüenta anos da Bossa Nova, surge uma “Nova Bossa”. O gênero musical nascido em Copacabana, Rio de Janeiro, mas que conquistou admiração mundial pela sua qualidade poética e musical, agora chega com uma roupagem cristã. Uma novidade que o cantor gospel Marco Esch traz para o público de bom gosto musical. 

Com o recente lançamento no mercado fonográfico, CD Bossa e Paz, o cantor tem alcançado altos índices de admiração e respeito no segmento gospel. Com uma produção de alto nível em todos os aspectos, Marco Esch não deixou nada a desejar às maiores gravadoras do país, lançando um trabalho majestoso que muito se assemelha aos maiores nomes da Bossa Nova no Brasil, como Tom Jobim, Chico Buarque e João Gilberto. 

Além de ser o intérprete das doze canções de autoria de seu irmão caçula, o músico Ricardo Esch, que participa do trabalho tocando o violão, o cantor também assina toda a produção executiva e artística do CD, que teve as canções gravadas pelo excelente produtor musical Luís Paulo (Gordo). O trabalho também foi abrilhantado pela renomada Daniela Spielmann; líder da banda do programa Altas Horas (Serginho Groisman), que toca sax em uma das canções e flauta em três. 

Marco Esch mora na cidade de Resende, região sul do Rio de Janeiro e tem atuado profissionalmente com produções artísticas através da sua agência ESCH Entretenimentos; também como jornalista e ator. 

Mas o que mais motiva o cantor é a carreira musical; que não começou agora. É um dom que o acompanha desde adolescente, mas que se efetivou de forma mais profissional e atuante nos últimos 13 anos. 

O ministério cristão musical de Marco Esch tem alcançado muitas vidas no Brasil e até no exterior. Recentemente, um dos maiores sites especializados em Bossa Nova, nos EUA, faz elogios ao trabalho e ao cantor; que também foi matéria num site Católico da Califórnia (EUA) voltado para o público feminino de formação Franciscana, onde diversas irmãs relatam seus testemunhos em relação às canções. Isso sem contar com as centenas de elogios e testemunhos espalhados pelo país que o cantor vem recebendo nos últimos meses. 

Definitivamente, o Brasil carece de talentos na MPB Gospel que tragam a verdade de Deus através de canções com a vertente musical brasileira. Ao longo da história, grandes nomes marcaram presença com suas canções como Asaph Borba, João Alexandre, Grupo Logos, Jorge Camargo, Vencedores Por Cristo, Nelson Bomilcar etc. 

Mas após a lacuna dos últimos anos, surgem nos dias atuais, novos nomes de qualidade no cenário da MPB Cristã como Paulo Baruk, Carol Gualberto, a jovem Marcela Taís e agora Marco Esch, que traz um trabalho voltado à Bossa Nova, que de certa forma, é uma grande novidade no meio gospel. 

BOSSA E PAZ, O PROJETO 

O irmão caçula Ricardo Esch, músico guitarrista, violonista e saxofonista, desde adolescente envolvido com o rock, um dia resolveu se desenvolver mais em harmonia musical, passando assim, a conhecer as maravilhosas obras de Tom Jobim, João Gilberto e Chico Buarque; experiência que o levou a compor canções na linha da música brasileira, em especial, a Bossa Nova. 

Já com algumas canções prontas, Ricardo sugere ao seu irmão mais velho, Marco Esch, que grave suas músicas. Os dois irmãos sentiam a carência de músicas cristãs nesse gênero musical, que é apreciado em todo o mundo. 

Marco Esch então, mesmo em meio a muitas lutas e dificuldades, transforma o sonho em projeto cultural, inscrevendo-o para análise da Lei Municipal de Incentivo de Resende (RJ) e de forma inédita na história da região, um projeto cristão é aprovado. 

Após todas as fases do projeto terem sidas executadas, Marco Esch em vai para estúdio, grava e lança um dos trabalhos musicais mais belos dos últimos tempos, CD Bossa e Paz - Álbum com doze canções que, além da Bossa Nova, baila pelo Samba, Baião e Ciranda. 

A canção “Pináculo da Alma” talvez seja a mais “chique” do CD, um esplendor!  
“Luz e Cor” é a canção que representa bem todo o trabalho e que faz um paralelo das folhas secas do outono e inverno com a alegria de se viver uma vida na luz de Deus. 

“Antigas Canções” é uma das mais belas poesias da parábola bíblica sobre o Filho Pródigo. 

“Bossa e Paz”, que dá título ao CD, nos orienta viver uma vida leve e vivermos a paz e o amor. 

“Vaso de Barro” é uma oração de reconhecimento das nossas fraquezas e que a graça de Deus nos contempla mesmo em nossas fragilidades. 

“Alegria de Viver” é primogênita; foi composta por Ricardo ainda na adolescência e sendo uma das finalistas de um festival da Rádio MEC no Teatro João Caetano (RJ). 

Já os amantes da natureza e ambientalistas de plantão não foram esquecidos; é que a “Verdes Sinais” traz um tremendo desabafo e alerta à destruição do meio ambiente. 

Todas as canções trazem um tremendo diferencial para o segmento cristão; mas a música “Lua” superou a criatividade do compositor, pois é totalmente tocada só em harmônicos; e sua letra faz um paralelo da vida cristã com a lua que reflete a luz do sol na escuridão. 

O ARTISTA 

Marco Esch nasceu em 1967 na terra da Bossa Nova, no Rio de Janeiro. Além de cantor, atua nas áreas do jornalismo, meio-ambiente, produção fonográfica e cultural. É o mais velho dos cinco filhos de Maria Esch e Antonio Gomes. 

Após o seu nascimento, seus pais mudaram-se para São Paulo, passando por Guarulhos e Presidente Prudente. Em função do desemprego, seus pais voltaram para o Rio de Janeiro, indo morar em Belford Roxo, onde logo se separaram. 

Seu pai volta para São Paulo e sua mãe fica com o desafio de cuidar sozinha dos cinco filhos; tendo apenas o apoio de Marco Esch, que aos 13 anos teve que ajudar sua mãe na difícil missão de cuidar de seus outros irmãos – Marcelo, Márcio, Alessandra e Ricardo. 

As lutas e grandes necessidades vieram, mas dona Maria Esch, que trabalhava e fazia curso de enfermagem, não deixava nada faltar. O tempo passou, os recursos eram poucos, mas Deus jamais desamparou essa família. 

Aos 17 anos Marco Esch sente o chamado de Deus e passa a conhecer e adorar a Deus após sua conversão numa Igreja Batista. Sua caminhada com Deus foi se desenvolvendo e logo sentiu que seu chamado era maior do que estar apenas num banco de igreja. 

O CHAMADO MUSICAL 

Marco Esch possui voz macia e timbre diferenciado. Destaca-se por possuir uma grande versatilidade vocal, possibilitando-o a interpretar diversos estilos musicais com muita facilidade. 

Despertou-se ao canto na infância, quando gostava de imitar cantores dos LP's de seu pai. Mas foi na adolescência que começou a cantar. Aos 17 anos, passou a fazer aulas de violão na Igreja Batista onde se converteu, mas acabou se destacando mesmo como cantor. 

Desde então, passou a fazer parte de diversas atividades musicais como, duetos, cantatas, corais, bandas, quartetos etc. Sua inquietação, o fez sentir que deveria expandir o seu dom. 

Começou a levar sua musicalidade, acrescentada da mensagem cristã, não só em Igrejas, mas também, para fora dos muros, buscando sempre levar uma mensagem de paz e alegria. 

O assédio e os incentivos de várias pessoas acabaram despertando o sonho de gravar; realizando-o no ano 2.000 com o CD chamado "Um grande amor". Desde então, Marco Esch não parou mais, pois constantemente era convidado para cantar em diversos eventos. 

E agora, inova no segmento gospel com o CD Bossa e Paz, lançado em outubro de 2012, trazendo para a MPB Cristã, um belíssimo trabalho musical voltado à Bossa Nova.


Assessoria e Comunicação 
(24) 3355-3358 / 9984-3810 / 8100-7303 
 terrabrasilismusic@gmail.com

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.