Recentes

Sony Music Gospel faz 5 perguntas para Gui Rebustini

Você surgiu para o mercado no ano de 2012 e em pouco tempo vem se destacando nas rádios e em eventos pelo país. Você imaginava que seu trabalho fosse alcançar tanta repercussão em tão pouco tempo? 
Não. Na verdade é muito difícil de saber se a aceitação vai ser boa ou não quando se trata de um primeiro disco de um artista ainda desconhecido. Trabalhamos e temos trabalhado bastante para este projeto caminhar bem e já estamos tendo resultados positivos. Sempre tem aquele pensamento de “será?!” Mas graças a Deus tem caminhado bem. 

Nos próximos dias teremos acesso ao seu clipe gravado na Europa. Conte-nos mais detalhes dessa produção. 
Sim, o clipe foi gravado algumas cenas na Escócia e as outras na Irlanda do Norte. Buscamos estes lugares para gravação porque tem tudo a ver com o que a música fala: a grandeza de Deus. O clipe tem participação de um elenco da Irlanda do Norte e alguns efeitos especiais. O diretor de vídeo foi o Hugo Pessoa; e áudio por Ruben di Souza. 

Como tem sido a receptividade das rádios, do mercado e do público ao seu trabalho. Fale também um pouco do estilo do seu CD de estreia. 
Tem sido muito boa a receptividade. As pessoas me receberam super bem, me apoiado e me ajudado a trabalhar. O disco é Pop Rock, mesmo as músicas que são mais de "adoração" continuam sendo Pop Rock. 

Você tem enfrentado uma agenda bem intensa com apresentações quase que diárias, em todo o Brasil. Tem curtido esse novo momento em sua vida? 
Tem sido muito bom, muito divertido e abençoador. Nada melhor do que fazer aquilo que se ama fazer. Algumas vezes é cansativo é claro, mas Deus tem trazido renovo e me dado força para caminhar todos os dias. 

Quais são suas maiores referências musicais neste momento e como tem sido essa parceria com a Sony Music? 
Tenho ouvido alguns discos internacionais que acabaram de lançar como o do David Crowder Band e Chris Tomlin. Nacional eu gosto muito de ouvir os discos do Thalles, não tanto pelo estilo musical, até porque o que eu faço é bem diferente do que ele faz. Mas tiro como referencia as interpretações, a paixão que ele consegue colocar nas musicas quando ele esta cantando. Estou muito feliz com a minha parceria com a Sony, isso me abriu várias portas. E é só o começo... Tem muita coisa boa para acontecer ainda. Aguardem!

Desktop Gospel
Sony Music Gospel
fc.com/SonyMusicGospel

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.