Recentes

O livro que afirma "Jesus foi fruto de um estupro" vai ser adaptado para o cinema

Segundo o livro “Jesus of Nazareth” do autor Paul Verhoeven, Jesus Cristo não é o “filho de Deus” nem foi concebido de forma sobrenatural como relata as escrituras sagradas.

Em seu livro, Verhoeven, revela que realizou pesquisas sobre a vida de Jesus, chegando a conclusão que Maria, mãe de Jesus, teria sido estuprada por um soldado romano, o que, segundo Verhoeven, era comum durante o período de dominação romana da Palestina.

O autor holandês que também foi cineasta de filmes como Robocop, O Vingador do Futuro e A Espiã, disse que pretende começar a gravar um filme contando seu ponto de vista sobre Jesus Cristo.Ele comenta que sua intenção é contar a vida do nazareno de “ponto de vista científico, histórico e político”.

Verhoeven afirma não crer nos milagres relatados na Bíblia, “Jesus era um profeta radical e chegou a realizar exorcismos porque estava convencido de que iria morrer e se encontrar no Reino dos Céus, até Pôncio Pilatos crucificá-lo”.

O autor revela que acredita que Jesus tenha sido crucificado porque sentiram que, politicamente, ele era uma pessoa perigosa e que estava em crescimento.

“Se você olhar o homem, fica claro que você tem ali uma pessoa completamente inovadora no campo da ética. Minha paixão pessoal por Jesus surgiu quando eu comecei a perceber isso. Um novo conjunto de ética, uma abertura ao mundo, que era um anátema em um mundo dominado pelos romanos.

 A questão não são os milagres, mas a nova ordem ética, uma visão aberta em relação ao mundo, o que se opunha à dominação dos romanos”, disse o autor.

Após anos de procura por patrocínio sem obter sucesso devido ao receio dos patrocinadores em vincular sua marca a um tema considerado não aceitável pela opinião pública, Verhoeven enfim conseguiu ser bancado pela Muse Productions de Chris Hanley (produtor de Psicopata Americano).

Bill Donohue, presidente da Liga Católica, já criticou o livro de Verhoeven, dizendo “Mais uma vez vemos uma especulação maldosa, baseada em absolutamente nada. Ele não tem nenhuma evidência empírica para sustentar sua alegação”.

O filme ainda não tem cronograma de produção, nem o nome dos atores ou data de lançamento. Relata-se que seja provavelmente lançado no final de 2014.

Fonte: The Christian Post

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.